Recorrente

Sonia Racy

02 de julho de 2010 | 06h09

A British Airways foi a única empresa, entre brasileiras e estrangeiras, que ainda não se adaptou à resolução da ANAC, que exige transparência na divulgação das tarifas. A companhia mostra o preço do bilhete e só no final da compra inclui as taxas, como o adicional de combustível.

Anteontem, a companhia recebeu a oitava autuação. Cada multa pode chegar a R$ 10 mil.