Recordar…

Sonia Racy

18 Setembro 2013 | 01h09

Observador atento do STF lembra: além das opiniões de Luís Roberto Barroso e Celso de Mello sobre o peso da opinião pública nas decisões do tribunal, vale lembrar voto de Gilmar Mendes no julgamento da Lei da Ficha Limpa.

…é viver

Disse ele, à época: “A corte pode e deve, muitas vezes, decidir contra a opinião popular, senão, faríamos plebiscito toda hora e alteraríamos a Constituição; a pena de morte seria aprovada e assim por diante”.