Reciclado

Sonia Racy

01 de março de 2013 | 01h07

Simão Pedro, secretário de Serviços de Haddad, esteve no Rio em busca de apoio do BNDES para a coleta seletiva do lixo e reciclagem.

Espera conseguir R$ 100 milhões e ampliar o serviço para a cidade inteira. Hoje, somente 40% das residências são atendidas pela coleta.

E mais: Gilberto Carvalho comanda, dia 18, reunião em SP para definir como o governo federal pode apoiar o projeto paulistano.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: