Reciclado

Sonia Racy

10 de abril de 2013 | 01h10

São Paulo ganhará quatro megacentrais de reciclagem de lixo – cada uma com 10 mil metros quadrados. Objetivo? Ampliar de 1,8% para 10% o reaproveitamento do lixo produzido na capital.

De acordo com Simão Pedro, secretário de Serviços de Haddad, as unidades podem gerar receita de R$ 2 milhões.

A ideia é que duas estejam prontas até a Copa de 2014.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: