Recesso?

Sonia Racy

18 de novembro de 2014 | 01h01

As férias dos advogados paulistas podem ser mais curtas do que o previsto. A corregedoria do CNJ não gostou do fato de o TJ-SP ter estendido a data de recesso nos fóruns de 6 para 18 de janeiro.

O caso vai a julgamento hoje no conselho.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.