Realidade

Sonia Racy

04 de agosto de 2011 | 23h07

Vinte e quatro horas antes do pânico geral que acometeu ontem os mercados, o Banco Safra captou lá fora R$ 800 milhões, a juros de 10,25% ao ano.

Trata-se da maior captação externa privada, em reais, da história do Brasil. Sorte, competência ou ambos?

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: