Reação

Sonia Racy

17 de setembro de 2014 | 01h06

Em uma alfinetada no juiz Sergio Moro, responsável pela operação Lava Jato, e no ministro do STF Teori Zavascki– que também se manifestou a favor do depoimento de Paulo Roberto Costa à CPI da Petrobrás –, Joaquim Barbosa disse ontem, a pelos menos um interlocutor, que este “é o primeiro erro do caso”.

Não deveriam deixar Costa ter contato com políticos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: