Bolsonaro bate Haddad na capital e no interior paulista

Bolsonaro bate Haddad na capital e no interior paulista

Sonia Racy

04 Outubro 2018 | 08h00

URNA BIOMÉTRICA. FOTO: NILTON FUKUDA/ESTADÃO

URNA BIOMÉTRICA. FOTO: NILTON FUKUDA/ESTADÃO

Se fosse considerada apenas a cidade de São Paulo, a corrida pela Presidência está mais acirrada, mas sem grandes mudanças em relação ao resto do Estado, segundo a pesquisa Ibope/Estadão/TV Globo. Na capital, onde votam 9 milhões de eleitores, Jair Bolsonaro está na frente com 25% dos eleitores paulistanos,  contra 32% no Estado inteiro, onde votam 33 milhões. Fernando Haddad tem 20% na capital, cinco pontos percentuais a mais que o que tem entre paulistas. Os números confirmam que o perfil do eleitor da capital é historicamente mais simpático ao PT que o do interior do Estado.

Geraldo Alckmin, que está em terceiro no Estado com 16%, mantém essa posição na capital, onde tem 13%. A posição do ex-governador tucano, nesse recorte paulista e paulistano, diverge muito de sua posição no quadro nacional, onde ele cai para quarto, atrás de Ciro Gomes.

O candidato do PDT está em quarto lugar em São Paulo, com 7% na capital contra 6% no Estado. Na sequência, João Amoedo tem 6% dos votos paulistanos e 4% no Estado, enquanto Marina Silva fica, respectivamente, com 4% e 3%. Na capital, Meirelles, Boulos, Álvaro Dias e João Goulart Filho estão com 1% cada. Vera Lúcia e Eymael não pontuaram.

Os brancos e nulos estão em 10% e os indecisos são 7%.

Leia mais notas da coluna:
Bolsonaro ‘rouba’ de Alckmin tucanos mais escolarizados
Justiça do Uruguai solta doleiros envolvidos na Lava Jato