Raquel Dodge analisa transferências do Fundo Partidário para legendas

Sonia Racy

24 de fevereiro de 2019 | 01h00

RAQUEL DODGE

RAQUEL DODGE. FOTO: ANDRÉ BORGES/ESTADÃO

Raquel Dodge está examinando com lupa as transferências de recursos do Fundo Partidário para as fundações das legendas – cujo uso é ainda pouco transparente.

Considerado só o exercício de 2017, as fundações dos partidos receberam R$ 130,6 milhões – quase 19% das despesas totais do sistema partidário naquele ano.

Dinheiro público que não se sabe direito como é usado.

Dodge se reuniu, sexta-feira, com Marcelo Issa, do Transparência Partidária. O movimento criou uma ferramenta eletrônica para análise das contas eleitorais e partidárias – que será usada por procuradores para auditar as contas eleitorais e dos partidos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: