Rápido com Cuba

Redação

16 de abril de 2009 | 06h00

José Dirceu, ao contrário, parece mais animado que Fidel Castro com a abertura anunciada por Obama. Afirma, em seu blog, que “saem a guerra total e o confronto” e começa uma política pela qual “os dois países até reatarão relações e chegará o fim do bloqueio”.

Convém não esquecer que a Casa Branca condiciona a normalização à “realização de eleições democráticas” e à suspensão das restrições aos direitos humanos.

Veja também:
mais imagens Mozarteum Brasileiro inicia nova temporada na Sala São Paulo, com a Elbiopolis Orquestra, de Hamburgo, e noite de gala em homenagem aos 250 anos de Haendel
mais imagens Atores brilham na noite do Grande Prêmio Vivo de Cinema, no Rio
documentoOutras notas no blog da coluna Direto da Fonte