Raça e gênero são os temas que mais geram cancelamentos nas redes, mostra pesquisa

Raça e gênero são os temas que mais geram cancelamentos nas redes, mostra pesquisa

Direto da Fonte

14 de janeiro de 2022 | 04h00

 

O presidente Jair Bolsonaro, sem máscara, durante a pandemia. Foto: Gabriela Biló | Estadão

O presidente Jair Bolsonaro, sem máscara, durante a pandemia. Foto: Gabriela Biló | Estadão

Pesquisa recém-concluída do Instituto de Liberdade Digital, com 815 brasileiros, constatou que temas sobre raça e gênero são os que mais induzem pessoas ao cancelamento de outros nas redes. Perguntados se a divergência nesses dois temas incomoda, 41% admitiram que “se incomodam muito” quando o assunto é raça e 38% reagem mais fortemente a diferenças sobre gênero.

Ele cancela…

No universo político, a disposição para cancelar abrange tanto esquerda quando direita, e não apenas um dos lados, como sempre pensa o outro. Foi constatado que 80% se incomodam, em diferentes graus, com diferenças de conteúdo político. E mais: as relações familiares são mais fortes para evitar um cancelamento do que as relações só nos meios digitais.

…vocês cancelam

Dos consultados, 59% são mulheres e 48% ganham mais que quatro salários mínimos. E 75% disseram que entram no Instagram todos os dias. No Facebook, essa visita é diária para 52%. No YouTube, para 54%.

Céu é o limite

Zeco Auriemo, da JHSF, fez tudo menos parar de crescer nesta pandemia. O Fasano Las Piedras, em Punta del Este, no Uruguai, acaba de ganhar… aeroporto privado com pista de 1.260 metros. Operado pela Corporacion America Airports (CAAP), faz parte da expansão do empreendimento que também contará com campo de golfe assinado por Arnold Palmer, campo de polo desenhado pelo campeão argentino Nacho Filgueiras, mais um country club e um beach club. Haja fôlego!

DESEMBARQUE

Abraham Weintraub, ex-ministro da Educação, que está voltando ao Brasil, deve ser recebido por uma claque no aeroporto hoje à noite.

Há convite virtual circulando nas redes convocando seus admiradores para a recepção em Guarulhos. Ele ensaia ser candidato ao governo paulista.

ARTE ONLINE

A Secretaria de Cultura paulista contabilizou o número de visitas virtuais nos museus do Estado. Os 20 equipamentos contaram com 13.907.308 acessos aos sites, engajamentos nas mídias sociais, visualizações de conteúdo online e participação em ações virtuais dos museus em 2021.

A Pinacoteca foi o museu mais visitado com 3.534.996 acessos online, seguida do Museu da Imagem e
do Som e do Museu da Imigração.

 

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.