Questão de ótica

Sonia Racy

10 de agosto de 2013 | 01h24

A discussão e os embates sobre a taxa de retorno do projetos de infraestrutura dos governos é hoje foco de críticas diárias. Entretanto, dois sábios empreiteiros e um investidor – que, obviamente, preferem ficar no anonimato –, não entram nesta briga.

Simplesmente porque a taxa de retorno é um dos muitos componentes que definem o lucro real do investimento. Se o governo mexer em outras questões, a equação pode fechar do mesmo jeito.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: