Que sorte a dele

Sonia Racy

10 de agosto de 2010 | 23h06

Assim como Jobim, Antonio Palocci também foi ao jantar beneficente no Hyatt, promovido pelas Américas Amigas. Sortudo, sua rifa de mil reais lhe rendeu, em sorteio, duas noites de hospedagem no Hyatt de Buenos Aires.

Na mesa de Ivo e Eleonora Rosset (que pelo segundo ano faturou uma bolsa, desta vez Hermès), Palocci só desfez o sorriso quando Débora Bergamasco, da coluna, lhe perguntou sobre a “fábrica de dossiês” da Previ para o PT, registrada pela Veja. “Não vou comentar sobre algo que não li.”

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: