Quatro rodas

Sonia Racy

09 de agosto de 2012 | 01h10

Está no forno, “cozinhando”, o Programa Inovar Auto – dirigido ao setor automotivo. Governo e Anfavea quantificam regras e incentivos focados em pesquisa e tecnologia.

Se aprovado este mês ( é parte das medidas programadas por Dilma), será implantado a partir de 2013.

Como penduricalho, entra a liberação parcial do aumento do IPI, instituído em 2011, para carros importados. Empresas do setor poderão trazer até 5 mil carros por ano isentos dos famigerados 30% de imposto.

Não custa perguntar: é meia-volta do governo?