Quase lá

Sonia Racy

28 de abril de 2015 | 01h10

Luiz Edson Fachin, pelo visto, pode encomendar a toga de novo ministro do STF. Já tendo a seu favor o relator (tucano) de sua nomeação no Senado, Álvaro Dias, e elogios do jurista Miguel Reale Jr., ele acaba de faturar o apoio dos procuradores da República (ANPR) e do Ministério Público (Conamp).

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: