Quarta-feira, o ‘dia D’ entre Lava Jato e políticos

Sonia Racy

22 Abril 2017 | 15h02

Texto alterado às 15:30 para atualização de conteúdo

A votação, na quarta-feira, no Senado, da lei de abuso de autoridade está sendo vista, dentro e fora do Congresso, como “o Dia D” — um teste antecipado de forças entre os grupos que defendem e os que criticam Sergio Moro e a Lava Jato dentro do Poder Legislativo. E três senadores se anteciparam ontem, nas redes, convocando o eleitorado para ajudar a derrubar a versão final do projeto, redigida pelo senador Roberto Requião.

“Vá às redes, ocupe as ruas, venha ao Senado”, convoca no vídeo o senador Randolfe Rodrigues. “Se passar, a lei de abuso da autoridade vai virar a lei de proteção de algumas autoridades”, acrescenta Cristovam Buarque. O terceiro, Reguffe, adverte: “Não vamos deixar prosperar esse abuso”.

O resultado valerá como uma prévia do apoio que terão Renan Calheiros e Eunício Oliveira para conter, em votações no plenário,  futuras investigações contra políticos. 

Dia D 2

O substitutivo de Roberto Requião – que deixou de lado as sugestões de Rodrigo Janot assumidas por Randolfe Rodrigues – junta mais de 30 tipos penais.

Prevê a punição de juiz que decretar prisão preventiva ou outra medida de privação da liberdade “em desconformidade com a lei”. E considera crime fotografar e filmar preso ou investigado sem seu consentimento.

FHC recebe na segunda, de Rajoy,
o prêmio José de Anchieta
FHC recebe das mãos do presidente espanhol Mariano Rajoy, nesta segunda, no Hilton Morumbi, o Prêmio José de Anchieta, pela atuação ao fomentar o conhecimento mútuo entre Brasil e Espanha.

Em tempo: o ex-presidente brasileiro já foi condecorado, antes, com a Ordem de Isabel, a Católica, e com o prêmio Príncipe de Astúrias.

Primeiro de Maio chega amanhã
em painéis da Avenida Paulista
Em parceria com a ONU, a UGT, de Ricardo Pattah, prepara uma festa de 1.º de Maio diferente, que começa amanhã na Avenida Paulista.

Tendo entre os convidados Roberto Freire, da Cultura, e o vice prefeito Bruno Covas, José Luiz Penna e André Sturm, os sindicalistas vão espalhar ao longo da avenida, entre Augusta e Campinas, 34 painéis fotográficos com “17 Objetivos para Transformar o Mundo”, uma forma de marcar seus 10 anos de vida.

Empresários tomam aulas de inovação
visitando o vale do Silício 

Um time de executivos de 35 empresas brasileiras parte nesta segunda-feira para uma “missão de inovação aberta” em empresas top de tecnologia dos EUA – todas do Vale do Silício.

Levados pela AmCham, visitarão, acompanhados de colegas argentinos, a Tesla, Google, Facebook, IBM e Twitter – além de fazer contatos com Institute for the Future e Walmart Labs.