Pura emoção

Sonia Racy

17 de dezembro de 2013 | 01h01

Surpresa na abertura da mostra de Antonio Henrique Amaral– sábado, na Caixa Cultural. Uma senhora, colega do artista quando ele tinha 6 anos, no jardim da infância em São Vicente, levou um desenho dele, de 1941, assinado.

Conservado por 72 anos, foi incluído, na mesma hora, na exposição pelo curador, Sergio Pizoli.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: