Público e privado

Sonia Racy

29 de abril de 2014 | 01h03

A CBF trabalha, nos bastidores, para tentar barrar parte de relatório do Proforte, cuja aprovação será debatida hoje na Câmara. O texto impõe à confederação que passe a contribuir financeiramente para o desenvolvimento do esporte estudantil no País.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.