Providência

Sonia Racy

12 de março de 2013 | 01h06

As chuvas que castigam SP causam transtornos, como falta de energia e caos no trânsito. Se engana quem pensa que a região mais valorizada de SP – os Jardins – escapa da confusão.

Os que passearam pelo metro quadrado mais caro da capital, no domingo, viram inúmeras árvores caídas ou por cair. “A Prefeitura tem em mãos levantamento das 3 mil árvores na região, detalhando quais teriam que ser cortadas. Por que não autoriza a remoção imediata?”, pergunta o vereador tucano Andrea Matarazzo.

Encomendado em sua gestão na chefia das subprefeituras, o mapa ficou pronto agora.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: