Rotatórias verdes, já aprovadas, começam pelos Jardins

Rotatórias verdes, já aprovadas, começam pelos Jardins

Sonia Racy

05 Abril 2017 | 09h00

Rotatória verde na China

Rotatória verde na China

 

20170405_132848 A rotatória dos Jardins em construção, ontem 

Um projeto para a criação de rotatórias verdes, enviado à Prefeitura paulistana há cerca de quatro anos pela Ame Jardins, finalmente saiu do papel. No sábado, dia 8, será lançada pelo prefeito regional de Pinheiros, Paulo Mathias, a primeira obra desse modelo na região, entre as ruas Alemanha e Bucareste (foto acima).

“Essa é uma ação importante para ampliar as áreas verdes da região por meio da colocação de plantas no lugar do concreto”, adianta Marcos Arbaitman, presidente da entidade. “Além disso”, acrescenta, “a obra vai ajudar a organizar o fluxo de veículos e trazer segurança para os pedestres”.

Ao mesmo tempo, o projeto faz parte de um plano para a readequação de esquinas e embelezamento do bairro.  “Estamos muito felizes de ver que o Poder Executivo acredita nesta iniciativa”, comemora Arbaitman. Na divisão de tarefas, a Ame Jardins adquiriu  todo o material necessário e a execução da obra fica por conta da Prefeitura.

Outras giratórias e canteiros verdes do gênero estão previstos para aquele perímetro, que compreende os Jardins América, Europa, Paulista e Paulistano, todos sob administração da Prefeitura Regional de Pinheiros.

Atualização: Por causa das chuvas, o evento foi adiado e ainda não tem data de inauguração.