Proibida resiste às investidas de CBF e Ambev contra sua campanha

Sonia Racy

25 Abril 2018 | 00h40

A cerveja Proibida resiste às investidas de CBF e Ambev contra sua campanha com a imagem de Neymar.

Em conhecimento provisório do processo – não é ainda sentença –, o TJ do Rio entendeu que ela não praticou concorrência desleal nem se apropriou de signos da CBF ao usar as 6 estrelas nas latas e rótulos de sua cerveja. E não vê mal em se exibir uma camisa amarela no filme.