Produtora cultural ajuda mulheres através do tricô e do crochê durante a pandemia

Produtora cultural ajuda mulheres através do tricô e do crochê durante a pandemia

Sonia Racy

15 de junho de 2021 | 00h35

Cris Siqueira. Crédito: Denise Andrade

Cris Siqueira “deu à luz” à Oficina Nó Atado nessa pandemia. “Queremos empoderar mulheres prejudicadas por esse momento difícil, por meio do crochê e do tricô”, explica a empresária e produtora cultural. “Aprendi que é verdade que dá pra fazer algo de bom para muitos em meio ao caos”, comemora. Ela montou parcerias com projetos sociais, associações e cooperativas por todo Brasil.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.