Juíza manda prender Protógenes e recorre à Interpol

Sonia Racy

14 de maio de 2016 | 01h07

A Justiça federal emitiu ontem mandado de prisão de Protógenes Queiroz, o delegado do caso Daniel Dantas.

No pedido, a juíza Andrea Moruzzi, da 1.ª Vara Criminal Federal de SP, recomenda também sua inclusão na lista vermelha da Interpol. Motivo: o ex-delegado deixou o País sem autorização judicial e, mesmo citado por edital, não compareceu.

Consta que está na Suíça.