Procuradora leva caso de insider trading dos irmãos Batista a força-tarefa

Procuradora leva caso de insider trading dos irmãos Batista a força-tarefa

Sonia Racy

24 Novembro 2018 | 00h50

THAMÉA DANELON. FOTO: DIVULGAÇÃO

THAMÉA DANELON. FOTO: DIVULGAÇÃO

A procuradora Thaméa Danelon, coordenadora da força-tarefa da Lava Jato em SP, está cuidando exclusivamente dos casos da operação. A intenção é dar celeridade aos inquéritos que vieram do STF– abertos depois da delação da Odebrecht.

Procuradora natural do caso de insider trading de Joesley e Wesley, Thaméa o levou para a força-tarefa.

Leia mais notas da coluna:
Salim Mattar é o novo secretário de privatizações no governo Bolsonaro
Todos os jatos particulares terão bagagem revistada, diz empresário

Mais conteúdo sobre:

Thaméa DanelonOperação Lava Jato