Presidente da OAB defende Lei de Abuso de Autoridade junto a Celso de Mello

Sonia Racy

11 de outubro de 2019 | 00h38

Felipe Santa Cruz, presidente da OAB, esteve ontem com Celso de Mello, do STF, para argumentar contra a adin da Associação dos Magistrados Brasileiros contra a Lei de Abuso de Autoridade. O advogado se queixou do “corporativismo do Judiciário” e disse que os juízes “estão mal acostumados”.

À vontade

Bolsonaro chegou com Onyx Lorenzoni no aniversário de Augusto Nardes, ministro do TCU, anteontem, em Brasília – e quem passou por lá contou à coluna que ele, descontraído e circulando muito, parecia o verdadeiro anfitrião. “Conversou até com o Witzel por uns 10 minutos”.

Brasil na OCDE

A não confirmação, por Trump, do apoio à entrada do Brasil na OCDE “não deve ser vista como uma rejeição à candidatura brasileira”, avisa Deborah Vieitas, CEO da AmCham Brasil. Ela admite que isso “retarda o início do processo”, mas entende que a posição americana “tem relação com a anterioridade de candidaturas”.

E garante: a AmCham e o setor empresarial – companhias americanas no Brasil – “vão reiterar esse pedido ao governo americano”.

Consumo mirim

Às vésperas do Dia da Criança, o Instituto Locomotiva apresenta hoje pesquisa inédita sobre influência infantil no consumo. Revelando que 92% dos pais costumam levar os filhos ao supermercado — e 88% deles admitem ser influenciados pelos filhos na hora de comprar.

A pesquisa diz ainda que 86% das mães acreditam que gastam mais com os filhos do que consigo mesmas.”

Renato Meirelles, presidente do instituto, destaca que esse fenômeno está presente tanto na classe A quanto nas classes C e D.

Na praça

Zélia Duncan será uma das artistas presentes no ato de hoje contra o cancelamento da peça Caranguejo Overdrive, diante do CCBB do Rio – evento em que cantarão Teresa Cristina, Samantha Schmutz e Mosquito. “A peça já está em cartaz há cinco anos, e agora isso? É patético”, afirma a cantora.

A medida é vista como censura a espetáculos com viés político e pautas LGBT – visto que outras peças, inclusive da Caixa, tiveram patrocínios cortados.

Conexão NY

Paula Lavigne, que ajuda na organização do ato, não irá. Vai acompanhar Caetano Veloso, que dá palestra dia 15 na Columbia University sobre o tema Brazil, Why Should We Care? No mesmo eventos falam Glenn Greenwald e Petra Costa, entre outros.

Novos ares

Começa a ser veiculada hoje campanha publicitária para apresentar “a nova Petrobrás”. Com o mote “Energia pra transformar”, ela destaca a tecnologia do pré-sal, projetos de responsabilidade social e incentivos a startups.

Quem dança

O Mozarteum traz ao Brasil o Dance Theatre of Harlem, para cinco apresentações a partir de amanhã. São três no Teatro Alfa e duas em Trancoso.

Tendências: