Presidente da CCJ pede mais três sessões para discutir denúncia contra Temer

Presidente da CCJ pede mais três sessões para discutir denúncia contra Temer

Sonia Racy

17 de outubro de 2017 | 15h53

O presidente da Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, Rodrigo Pacheco (PMDB-MG), pediu mais três sessões para discutir a denúncia contra o presidente Michel Temer.

Pelo regimento, cinco sessões devem ser dedicadas à discussão. A última está sendo realizada nesta terça-feira (17), com previsão de votação para esta quarta (18). A abertura de sessão no plenário da Câmara, porém, suspende os trabalhos da comissão.

O pedido foi enviado ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia. Se Maia acatar o pedido, a votação da denúncia em plenário também será postergada.

A medida foi tomada por Pacheco como uma precaução para dar conta do alto número de deputados inscritos para falar, além do relator e das defesas, que já apresentaram suas teses.

Aliados de Temer procuram antecipar a votação da denúncia na CCJ.

Leia mais notas da coluna:

CMV vai colocar acusação contra irmãos Batista em julgamento em 2018

Velório de ex-guerrilheiro conta com presença de oficiais da Marinha

 

Tendências: