Prejuízo

Sonia Racy

25 de agosto de 2012 | 01h10

A TAM segurou um baita rojão por causa do louco que subiu em uma torre de sinalização de Congonhas, dia 10, para soltar… fogos de artifício. Teve de transferir 24 voos, cancelar 18 e reprogramar 8. Envolvendo quase mil passageiros em terra e outros mil no ar. Todos descontentes.

Despesas? A pedido da coluna, a empresa somou R$ 112 mil gastos com hospedagem e vouchers-alimentação mais quase US$ 1 milhão com combustível extra. A Gol ainda está fazendo suas contas.