Prefeitos querem previdência municipal no pacote da reforma

Sonia Racy

05 Janeiro 2019 | 01h00

 

JONAS DONIZETE. FOTO: CLAYTON DE SOUZA/ESTADÃO

JONAS DONIZETTE. FOTO: CLAYTON DE SOUZA/ESTADÃO

Teto alterado às 9h50 para atualização de conteúdo

Prefeitos estão de olho na reforma da Previdência do governo Bolsonaro. Jonas Donizette, presidente da FNP, conseguiu conversar ontem com Paulo Guedes, em Brasília. Falaram de uma mobilização nacional de prefeitos para incluir os regimes próprios de Previdência municipais no pacote enviado pelo Executivo ao Congresso.

E uma medida de peso. Esse regime é o adotado por servidores públicos de grande parte dos 5.570 municípios do País — e as dívidas somadas, nessa área, segundo dados da Câmara federal, já passavam dos R$ 47 bilhões em 2013.

As esperanças do grupo quanto ao novo governo são fortes. Pouco depois das eleições, Donizette levou a Bolsonaro uma carta em nome dos 2.000 prefeitos filiados à Frente, cujo título fala por si: Mais Brasil, menos Brasília.