PPSDB?

Redação

15 de novembro de 2008 | 06h00

A cúpula do PPS sabe que uma eventual fusão com o PSDB – que, oficialmente, os parlamentares do partido negam – levaria a uma debandada de quadros. Mas um dos cardeais da legenda avalia que não há outra saída. “A perspectiva é de um sangramento devido à janela da infidelidade da reforma política”, afirma.

Mas a conversa existe. A idéia, celebrada no PSDB, é fundir estruturas até 2010.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.