Poupar para gastar

Sonia Racy

22 de maio de 2014 | 01h03

Com R$ 30 milhões no caixa e sem patrocinador fixo, o São Paulo enfrenta um desafio nos próximos 30 dias: cortar 20% dos funcionários e dos gastos em todos as áreas. Motivo? Segundo o novo presidente do clube, Carlos Miguel Aidar, trata-se de contenção de despesas.

Após a Copa, o cartola pretende ir à caça de um zagueiro e um volante para o time. Na Europa.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: