Póstumo

Sonia Racy

14 Dezembro 2014 | 01h02

Em artigo para a Revista do Advogado, escrito pouco antes de morrer, Márcio Thomaz Bastos sugeriu algumas linhas mestras para se tratar a corrupção no País. Fala em “estratégias preventivas”, depois sobre as “repressivas”, pede prestação de contas de campanhas em tempo real e “regras confiáveis para licitações e contratos”.