Posição

Sonia Racy

19 Novembro 2016 | 00h45

Coordenador jurídico das prévias tucanas na capital paulista, o advogado Anderson Pomini, futuro secretário da Prefeitura, defende que as prévias nacionais no PSDB em 2018 sejam abertas a todos os militantes, do Oiapoque ao Chuí. “Votariam de várias formas: pelo correio, internet ou nos diretórios”, diz ele.

Posição 2

Aliados de Aécio e Serra não se empolgam com a ideia de realizar prévias no PSDB.

Mas se elas forem inevitáveis dessa vez, pregam que o eleitorado seja restrito a um colégio eleitoral formado por parlamentares, prefeitos, governadores e, no máximo, dirigentes locais.