Ponto de vista

Redação

18 de outubro de 2008 | 08h52

Ao ser indagado ontem sobre como estava vendo o tsunami financeiro mundial, Abílio Diniz não titubeou: “Uns choram com a crise, outros vendem lenços, como nós…”.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: