Policiais da Rota teriam intimidado equipe da série ‘Rota 66’ no set de filmagem da produção

Policiais da Rota teriam intimidado equipe da série ‘Rota 66’ no set de filmagem da produção

Sonia Racy

23 de fevereiro de 2022 | 16h59

Rota

Foto: PAULO LIEBERT/AErota

O set de filmagem da série Rota 66, baseada no livro homônimo de Caco Barcellos, recebeu uma “visita” de policiais da própria Rota. De acordo com fontes da coluna, quatro policiais apareceram em um dos galpões da produção da Boutique Filmes com a Globoplay sem mandado judicial, durante uma tarde de gravações.

Funcionários da produção audiovisual teriam deixado que os policiais entrassem por se sentirem intimidados pela abordagem, feita em dezembro do ano passado. Os soldados também disseram que estavam lá para apurar uma denúncia anônima.

Segundo relatos de pessoas presentes, eles tiraram fotos do cenário – que reproduzia um batalhão da polícia -, perguntaram onde a série seria exibida e questionaram qual seria a imagem da Rota na produção, que cobre período de ações violentas das Rondas Ostensivas Tobias de Aguiar entre os anos 1970 e 1990.

Procurada,  a Polícia Militar respondeu em nota que o serviço de inteligência da unidade recebeu uma denúncia de que haveria várias viaturas “clonadas” em uma certa localidade e que uma equipe foi designada para averiguar, sendo recebida pelos responsáveis do local que esclareceram tratar-se de set de filmagens onde seria produzido um filme a respeito da Rota.

A Rota também alega que “não houve qualquer tipo de ameaça ou forma de intimidação e foram realizadas imagens afim de subsidiar o relatório acerca da denúncia. Toda a ação foi registrada pelas câmeras operacionais portáteis utilizadas pela equipe”.

Humberto Carrão,  Aílton Graça e Naruna Costa estão no elenco de Rota 66,  que estreia este ano. (/MARCELA PAES)

Vento a favor

Com futuro cheio de incertezas, o texto da reforma tributária acaba de receber, no Senado, apoio de peso. A Confederação Nacional de Municípios diz ter negociado com o relator, Roberto Rocha (PSDB-BA), que “nenhum município do País terá queda na receita” com a reforma. Em função disso, a CNM avisa que “não é verdade que a reforma só beneficia os pequenos municípios” e que ela vai garantir “distribuição equânime dos recursos”.

Verde

O Banco Safra promove na quinta (24), às 16 horas, um painel para incentivar setores da economia a refletir sobre a importância de reduzir a emissão de gases de efeito estufa. Para debater “Os Desafios dos Créditos de Carbono”, o banco reuniu um time de peso, composto por Joaquim Levy, diretor de Estratégia Econômica e Relações com Mercados da instituição, Daniel Vargas, representante do Observatório de Bioeconomia da Fundação Getúlio Vargas, Miguel Calmon, da Conservação Internacional, e Ricardo Mendonça, da Safra Asset.

O tema recebeu grande destaque na Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas de 2021, (COP26), realizada no início de novembro do ano passado em Glasgow, na Escócia.Para participar, basta acessar o link do canal do banco no YouTube.

Traço à mostra

O lápis é o ponto de partida da nova exposição interativa que entra em cartaz no Museu da Língua Portuguesa, dia 8 de março.“O Lápis Mais Criativo do Mundo” terá produções exclusivas de personalidades da arte pop, design, moda e arquitetura, entre outras.

Um esboço do 14 Bis de Santos Dumont e uma seção só de Mauricio de Sousa, chamada Os Lápis Fazendo Arte,estão entre as atrações da mostra, patrocinada pela Faber-Castell.

Poesia

A Casa das Rosas recebe até 4 de março as inscrições para a 4.ª edição do Poesia Expandida, curso gratuito sobre criação literária.São 20 vagas presenciais e 20 online. As presenciais serão dadas no anexo da Casa Guilherme de Almeida, devido ao restauro do Museu Casa das Rosas.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.