Polêmica do ouro na área do Xingu será julgada em Brasília

Sonia Racy

02 Dezembro 2017 | 01h25

Projeto da canadense Belo Sun para extrair ouro em área do Xingu é alvo de polêmica. Está sendo criticado por MPF e Funai e apoiado pelos moradores da cidade mais próxima.

O empreendimento, dizem as duas instituições, ameaça área indígena no Pará. Já os moradores se uniram à empresa, animados pelo investimento de R$ 1,2 bilhão, de olho nos benefícios à cidade de Senador José Porfírio.

A Belo Sun argumenta que o projeto será montado a 12 km do território protegido – portanto, dentro das normas legais. O caso será julgado dia 6, no TRF de Brasília.

Leia mais notas na coluna:

Elena Landau deixa do PSDB depois de 25 anos

Jucá vai processar a mulher que o assediou em avião