Polêmica à vista

Sonia Racy

22 de agosto de 2012 | 01h04

O CNJ fará uma espécie de “censo” do Poder Judiciário para decidir se adere à política de cotas. Antes de baixar resolução com normas a serem seguidas em todo o País, consultará os tribunais para conhecer o porcentual de negros, índios e brancos, o nível de escolaridade e a renda familiar de servidores e magistrados.

A conferir.