Poesia no poste

Sonia Racy

16 Junho 2011 | 23h07

A Vila Madalena sofrerá “Invasão Concreta”. Poesias de Augusto de Campos – o homenageado da Balada Literária, em novembro –serão coladas em postes, muros e até em calçadas: “Não tem melhor maneira de comemorar os 80 anos do poeta que é a cara de São Paulo”, diz Marcelino Freire, criador e curador do evento, avisando que a programação não ficará restrita ao bairro.
Via corredor literário, chegará até a Avenida Paulista.