Planilha

Sonia Racy

21 de outubro de 2010 | 23h05

Surpresa: o País foi brindado esta semana com a divulgação de duas taxas de desemprego. Uma, do IBGE, que marcou mínima histórica. E a do Caged que decepcionou.

Segundo a Rosenberg Associados, elas não são necessariamente contraditórias. O índice de desemprego do IBGE reflete, principalmente, a redução da população desocupada. O do Caged mede o saldo de empregos.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: