PL de aliado de Bolsonaro que incentiva doação de sangue é vetado por Doria

PL de aliado de Bolsonaro que incentiva doação de sangue é vetado por Doria

Sonia Racy

13 de outubro de 2021 | 00h55

Foto: Werther Santana/Estadão

Tem reclamação de vetos de Doria aos projetos de parlamentares considerados alinhados com Bolsonaro, na Assembleia paulista.

Um deles é o deputado Danilo Balas. O seu PL que incentiva doação de sangue no Estado foi aprovado pelo plenário e pelas comissões, mas recebeu veto total do governador. “O texto assegurava aos doadores regulares incentivos, como o pagamento de meia-entrada em locais públicos de cultura, esporte e lazer. E também criava o Cadastro Estadual de Sangue”, lamenta.

 Repeteco 

Consultada, a assessoria da Casa Civil paulista informou que o projeto “interfere no livre exercício do comércio impondo descontos aos doadores de sangue, além de garantir prioridade em estabelecimentos comerciais para atendimento dos doadores”. E garantiu que a decisão foi técnica.

 Terceira idade 

O Movimento Atualiza reuniu dicas, em um guia, para combater o preconceito etário. O intuito é dar um norte para propagandas e posicionamento nas redes.

Recomenda, por exemplo, riscar do repertório comentários como “maduros não gostam de tecnologia e têm dificuldade para aprender” ou “toda pessoa de mais idade é teimosa”.

 Idade 2 

O guia está sendo distribuído para empresas, políticos e organizações e foi feito em parceria com a Associação Brasileira de Anunciantes.

Bitcoin nas artes 

O crescente interesse por NFTs de arte levou a 2TM – controlador da corretora de criptomoedas Mercado Bitcoin – a liderar rodada de investimento na Tropix, marketplace criado por Daniel Peres Chor, acionista da Multiplan.

A captação também atraiu o family office Mago Capital. E vai aumentar o portfólio da Tropix de 20 para mais de 50 galerias no mundo todo.

 A Voz 

Andréa Beltrão fez a narração de um dos módulos da exposição O Dia Seguinte, no Museu Catavento, em SP. Por meio de atividades lúdicas e experiências imersivas e sensoriais, a mostra busca chamar atenção do público sobre causas e efeitos das mudanças climáticas nos centros urbanos. A partir de amanhã

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.