Rio abre hoje mostra com retrato raro de D. João VI

Sonia Racy

29 Novembro 2018 | 00h20

Uma relíquia do século 18 estará na exposição O Retrato do Rei dom João VI, que o Museu Histórico Nacional inaugura hoje, no Rio.

Trata-se uma tela datada de 1773, que nunca saiu das mãos da família imperial brasileira. Atribuída ao português Cyrillo Volkmar Machado, depois de sucessivas heranças chegou a Dom Manuel de Orleans e Bragança.

A mostra celebra o bicentenário da aclamação de d. João VI, com retratos, condecorações, medalhas, moedas, leques, gravuras e um réplica da coroa.

Leia mais notas da coluna:
+ Cultura ‘não importa para os governos”, diz Maria Bethânia
STF decide futuro da Operação Métis