PIB responsável busca plano sério e candidatos ‘programáticos’ para 2018

Sonia Racy

27 de setembro de 2017 | 01h20

Parte consciente do PIB brasileiro chegou à conclusão de que, se não se mexer, a água vai dar nos… burros.

De maneira discreta, o grupo trabalha com a ideia de montar um programa profundo, claro e bem definido do que pode ser, na avaliação da iniciativa privada, um caminho rumo a um Brasil melhor – fora do atual lamaçal da corrupção.

A proposta incluiria sugestões políticas, econômicas, investimentos na mídia social bem como a escolha, para 2018, de candidatos “programáticos” – com pensamento coincidente com o futuro projeto.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: