Pezão consegue acordo com Temer e Meirelles

Sonia Racy

14 Janeiro 2017 | 00h45

No frigir dos ovos, o embate em torno das contas do Rio de Janeiro, essa semana, acabou forçando uma modelagem base para renegociação das dividas de todos estados.

O fato, pelo que se apurou, deixou Henrique Meirelles razoavelmente satisfeito, Pezão minimamente atendido, Temer aliviado e Cármen Lúcia com a percepção de que ajudou a construir uma solução. O acordo será anunciado semana que vem, depois de aval do STF.

Compensação

Quem frequenta Davos reparou: o procurador-geral da República, Rodrigo Janot vai participar de… três painéis do Fórum Econômico Mundial – que começa segunda-feira, na Suíça. Essa multiparticipação é fato raro na história do evento. Pelo que se apurou, a direção do fórum estenderá tapete vermelho para Janot, apesar do PGR de ser avesso a bajulações.

Compensação 2

O destaque dado a Janot faz lembrar que Marcelo Odebrecht era copresidente do fórum para America Latina, que André Esteves era parte do Young Global Leaders de Davos e que a Petrobrás chegou a financiar um painel anticorrupção do evento.