Petrobras está reavaliando todos os seus patrocínios culturais

Sonia Racy

28 Janeiro 2019 | 13h33

SEDE DA PETROBRÁS

SEDE DA PETROBRÁS. FOTO: SERGIO MORAES/REUTERS

A Petrobras – que desembolsou, em 2018, R$ 38,2 milhões em patrocínios culturais – decidiu reavaliar todos repasses aos beneficiados do Programa Petrobras Cultural. Funcionários da estatal têm ligado aos responsáveis por projetos que têm contratos vigentes para avisá-los do reexame.

A assessoria da petrolífera confirmou que estão revendo os contratos caso a caso, conforme antecipou a coluna Broadcast na manhã desta segunda-feira, 28.

O total gasto, em 2018, com as áreas cultural e esportiva foi R$ 117,9 milhões, de acordo com a estatal.

Nos três anos anteriores, houve queda. De acordo com o relatório anual de 2017, a empresa havia reformulado a gestão de patrocínios, “reduzindo e alinhando o portfólio de projetos aos nossos objetivos estratégicos”. Foram R$ 82 milhões destinados a patrocínios dessas áreas em 2017, R$ 121 milhões em 2016 e R$ 225 milhões em 015.

Leia mais notas da coluna:
Macron apoia Carlos Ghosn
‘Há desinformação sobre tema da monarquia’, diz político da realeza

Mais conteúdo sobre:

petrobrás