Petrobrás deixou pepino para credores da Sete Brasil

Sonia Racy

13 Novembro 2018 | 00h55

O plano de recuperação da Sete Brasil, anunciado semana passada, deixa claro que os credores vão sair do imbróglio com pouco e os investidores com… nada. Entretanto, a Petrobrás, que permitiu a corrupção, causa da quebra da SB – a estatal, por contrato, nomeava e destituía diretores –, sairá ilesa deixando o pepino para os demais sócios.

Leia mais notas da coluna:
Joaquim Levy é o novo presidente do BNDES
Nome de Maitê Proença para ministério foi indicado por ambientalistas

Mais conteúdo sobre:

Sete Brasilpetrobrás