Pesquisa aponta que, com home office, turistas passam mais tempo nos destinos que visitam

Pesquisa aponta que, com home office, turistas passam mais tempo nos destinos que visitam

Direto da Fonte

06 de fevereiro de 2022 | 00h30

Foto: Reprodução/Bahia S. Turismo

Com o modelo de home office em alta, uma nova modalidade de viagem surgiu entre os brasileiros: a chamada bleisure travel, que une o trabalho ao lazer. Na pesquisa Turismo Pós-Pandemia: o que Esperar Para o Setor, realizada pela Plataforma Gente, 34% dos entrevistados que trabalham em home office informam que ficam mais tempo no destino de viagem escolhido para “aproveitar o local”.

Segundo a plataforma, da Globo, esse número é mais forte entre os que pretendem viajar para fora do País, que chegam a 42% dos pesquisados, ouvidos em dezembro de 2021.

 Bicentenário

O bicentenário da Independência será o eixo central da programação do Masp este ano. O tema estará presente em exposições, cursos, palestras, oficinas e publicações que debaterão o tema da brasilidade. Nomes como Alfredo Volpi, Abdias Nascimento, Luiz Zerbini e Judith Lauand, entre outros, estão no programa, que inclui uma grande coletiva de Histórias Brasileiras.

 Picadinha

O Estado de São Paulo aplicou mais de um terço (34,3%) das doses de reforço no Brasil, de acordo com dados do consórcio de veículos de imprensa. Números coletados até a última sexta-feira apontam que essa parcela equivale a 38% da população do Estado de SP. Em números físicos, esse universo totaliza 16,9 milhões de pessoas.

Dados do IBGE apontam que residem no Estado 21,8% da população brasileira.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.