Personal shopper

Sonia Racy

16 de fevereiro de 2013 | 01h05

O Conselho Nacional de Justiça estuda a criação de um sistema de compras online para os tribunais brasileiros. A ideia é ter um portal com informações sobre preços, fornecedores e materiais.

A Comissão de Gestão e Estatística do CNJ está analisando a proposta.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: