‘Personal’ das artes

‘Personal’ das artes

Sonia Racy

20 de dezembro de 2015 | 01h30

Foto: Iara Morselli/Estadão

Foto: Iara Morselli/Estadão

Daniela Sève Duvivier herdou o gosto pelas artes de seu pai, Luiz Sève – marchand da galeria Ipanema, fundada em 1965 no Rio. Sua formação – ela estudou em NY e chegou a trabalhar no MoMA – e o bom gosto adquirido no ambiente familiar, levou-a ser muito procurada por pessoas em busca de conselhos sobre obras de arte. Assim nasceu sua consultoria, a Masarte. Seu trabalho consiste principalmente em viajar pelo mundo escolhendo obras que caibam no bolso e no gosto de seus clientes, fazendo parcerias com galerias do Brasil e de fora. “Só indico obras de artistas em cujo potencial acredito, e que tenham uma produção artística que me agrade”, afirma a moça. Que tem, entre seus preferidos, Yayoi Kusama, Anish Kapoor e Jeff Koons, entre outros.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.