Perigo, nada

Sonia Racy

03 de abril de 2012 | 01h11

Funcionário da Fundação Casa entrou com ação no Ministério do Trabalho pedindo adicional de periculosidade. O desembargador que julgou o recurso entendeu que a ex-Febem não é uma penitenciária, mas sim de um “arcabouço de proteção estatal à criança e ao adolescente”.

Em outras palavras, o servidor ficou sem o desejado plus.

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.