Perfil de Alckmin no Facebook remove comentários de militância do Novo

Sonia Racy

15 de agosto de 2018 | 19h32

GERALDO ALCKMIN

GERALDO ALCKMIN. FOTO: DIDA SAMPAIO/ESTADÃO

O perfil do presidenciável tucano Geraldo Alckmin no Facebook tem removido comentários da militância do Novo, que quer a participação de João Amoêdo nos debates.

O empresário faz campanha para que todos os candidatos aprovem sua participação nos futuros debates. Por lei, as emissoras só são obrigadas a convidar candidatos de partidos que tenham ao menos cinco parlamentares — coisa que o Novo não tem.

O que fazem os militantes desse partido? Eles têm acessado o perfil de presidenciáveis deixando mensagens como: “Geraldo, você apoia João Amoedo nos debates?” Depois de alguns minutos, não se consegue encontrar os comentários.

Procurada, a assessoria da campanha de Alckmin disse que não apaga os comentários, mas “oculta qualquer postagem que caracterize ‘pichação virtual’ (ou flood)”. Comentários ocultados só podem ser visto por quem o postou e por seus amigos.

“A rede social do candidato Geraldo Alckmin tem como objetivo promover interações em torno de propostas. As regras para debate são definidas pela legislação eleitoral brasileira”, informou a campanha.

Leia mais notas da coluna:

Alagoas tenta ajuda que pode custar caro ao Planalto

Coligação registra candidatura de Marcio Lacerda em Minas

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências: