Perda de controle de organizadores sobre greve motivou ação da AGU

Sonia Racy

26 Maio 2018 | 00h50

Foi porque os organizadores da greve dos caminhoneiros perderam o controle dos protestos, segundo fonte do governo federal, que a AGU decidiu impetrar ação no STF cobrando também multa de R$ 10 mil/dia de indivíduos que bloquearem vias.

Além, claro, dos R$ 100 mil diários pagos por entidades responsáveis.

Leia mais notas da coluna:

Iniciativa privada teme que greve seja gatilho de atos como os de 2013

Cármen Lúcia esquece de abastecer o carro